#OMGCasei: Top 5 Dicas Infalíveis para Noivas Aproveitarem ao Máximo o Seu Dia do Casamento:

Meninas, caseeeeeeeeeeeeeei! Mas antes de falar TUDO sobre o dia que realizei meu sonho, quero fazer esse post como utilidade pública. Vocês se lembram que há alguns posts falei sobre a importância de se ter um bom cerimonial, certo?! Pois bem, foquem ao máximo nessa dica. E quando digo “bom” aqui não é sobre a capacidade profissional, mas entre o match entre vocês. Infelizmente, não tive com a profissional que contratei. Além de me sobrecarregar inteira com o planejamento, onde não vi as entregas que no ato da contratação ela disse que faria e aconteceria, no dia, foi ainda mais desastroso.

O Grande Dia

O dia do casamento é um momento especial e único na vida de uma noiva. Para garantir que esse dia seja verdadeiramente inesquecível e livre de estresse, é essencial planejar com antecedência e adotar algumas estratégias para aproveitar ao máximo cada momento. Aqui estão as cinco dicas infalíveis para as noivas aproveitarem ao máximo o seu dia especial:

1. Mantenha a Calma com uma Rotina de Relaxamento: O nervosismo é completamente normal no dia do casamento, mas é crucial manter a calma para aproveitar cada momento. Inicie o dia com uma rotina de relaxamento, que pode incluir yoga, meditação ou simplesmente respirar fundo. Além disso, considere reservar um tempo a sós para refletir sobre o significado desse dia e se conectar consigo mesma antes do início das celebrações.

2. Delegue Responsabilidades: Evite sobrecarregar-se com tarefas no dia do casamento. Delegue responsabilidades a pessoas de confiança, como madrinhas, familiares ou profissionais de casamento. Isso permitirá que você aproveite o dia sem se preocupar com detalhes logísticos. Tenha um plano de contingência para imprevistos e confie na equipe que está lá para ajudar.

3. Aprecie os Pequenos Momentos com Seu Parceiro: O dia do casamento é agitado e passa rápido, então é fundamental reservar momentos especiais com seu parceiro. Planeje um encontro privado antes da cerimônia ou momentos tranquilos juntos durante o dia. Isso não apenas cria lembranças preciosas, mas também ajuda a reduzir o nervosismo antes de se encontrarem no altar.

4. Esteja Presente no Momento: É fácil ficar absorvida pelas expectativas e detalhes do dia do casamento, mas é importante estar presente no momento. Desconecte-se do celular e das redes sociais, pelo menos temporariamente, para realmente absorver a atmosfera e compartilhar momentos autênticos com seus entes queridos. Lembre-se de que este é um dia para celebrar o amor, então esteja totalmente presente para desfrutar cada instante.

5. Contrate Profissionais Confiáveis: Para evitar preocupações desnecessárias, invista em fornecedores e profissionais confiáveis. Desde o fotógrafo até o planejador de casamento, escolha aqueles que compreendem sua visão e que são conhecidos por seu profissionalismo. Isso permitirá que você confie nas mãos de especialistas e aproveite o seu dia sabendo que tudo está sendo cuidado da melhor maneira possível.

O Meu Grande Dia – o desastre

É claro que lembrarei do meu casamento com todo amor do mundo, afinal, ele saiu exatamente como o sonhado e além – mas por todos os demais fornecedores que contratei. Agora, se ele foi um sonho, ao mesmo tempo, foi um pesadelo. Eu tive muita crise de ansiedade – de forma que sequer sabia que era possível ter. Sempre fui ansiosa, perfeccionista e tento controlar tudo para, claro, saia perfeito. Se você tem um profissional cuidando do seu sonho, você supõe que há uma habilidade em entender perfis, além dos tipos de ansiedades, medos, tensões que esse momento acarreta. Pois bem, a minha cerimonialista aparentemente não fez questão de me entender.

Em todos os momentos, fui sempre muito clara com meu nervosismo, minha ansiedade e o “desespero” que eu estava vivendo internamente para o grande dia. Eu tinha medo de tropeçar, medo de cair, medo disso e daquilo – e é tudo aquilo que engloba a mente de um perfeccionista em não viver aquilo tudo nos mínimos detalhes da perfeição. E, aqui, faço uma observação: não é nem um pouco saudável viver nessa “prisão” do perfeccionismo, gente. Precisamos de ajuda pra sair disso, e agora, eu tenho mais certeza do que nunca disso.

Enfim, minha semana antes do casamento foi resumida em noites sem dormir, e quando cochilava, sonhava com alguma falha que aconteceria. No dia, pela manhã, no banho, tive ataque de ansiedade – me faltou o ar. Meu noivo teve que me levar até a janela para eu ir respirando aos poucos e tentar acalmar. Louca, eu sei! No carro, para a Igreja, tive novamente.

Essa profissional, que deveria estar ali, entendendo meu momento, me olhava o tempo todo com um risinho de deboche, como se eu estive fazendo um teatro ou sendo nível hard de mimada. Claro, eu ia fazer essas coisas pra chamar atenção, visto que a noiva já nem tem atenção, não é mesmo?! E, para me ajudar, a um segundo de abrir a porta da Igreja, me falou “eu já sei do seu vestido, mas fica tranquila que está tudo certo”. OMG! O que aconteceu com o meu vestido??? NADA! Pelas noites não dormidas e nervosismo, eu inchei 3 kg o que me fez ficar com uma barriguinha marcada. Mas não tinha NADA com o vestido, apenas meu corpo reagindo a um turbilhão de emoções. Ela foi legal, né? Afff…

Daí pra frente, tudo o que pedi, não fez. Eu tiraria a saia sobreposta, para dar cauda e volume ao vestido na igreja, para chegar com ele slim na cerimônia. Ela me fez ficar com a saiona e o véu. O véu eu bati o pé e tirei porque com certeza já entraria com ele estragado, por conta do asfalto e calçada. A saia, ela me fez ficar e rodar a festa toda cumprimentando os convidados, com ela – super pesada, em um calor de 34 graus.

Diversas outras situações aconteceram, eu já estava com dor de estômago de nervoso, sem aproveitar nada da minha festa – não jantei, não comi nada do meu buffet. Comi dois docinhos e tomei um espumante que foi da hora do brinde. Apenas. E enquanto isso, ela me olhava com o sorrisinho de deboche e questionava “agora, por fim, você vai relaxar?”. Claro, agora sim, era isso que eu precisava!

Uma pessoa, derreteu o meu dia mais esperado da vida. O lado bom é que todos os meus convidados amaram a festa, e imaginaram que eu só estava exausta – estava, mas as situações que vivi ali no meu dia, me destruíram além do físico. Foi triste, foi angustiante, foi solitário.

Minha família e a família do noivo estavam vibrando. O noivo, em determinado momento se estressou também, mas pelo menos conseguiu aproveitar boa parte da festa. E, ontem, ao devolver meu vestido, segurou ele completo e se assustou com todo aquele peso que ela me fez carregar durante a festa, sempre nas falas dando ordens, ou repreendendo como se eu fosse uma criancinha mimada fazendo birra. Não se permitam, meninas. Há investimento alto, há sonho, há expectativas… não se permitam cair nas garras de pessoas que não estão dispostas a entregarem o seu melhor pelo seu sonho.

Espero que seguindo essas breve dicas, as noivas possam garantir que o dia do casamento seja não apenas memorável, mas também uma experiência agradável e sem estresse. Ao manter a calma, delegar responsabilidades, apreciar momentos especiais, estar presente no momento e contar com profissionais confiáveis, as noivas podem criar lembranças que durarão a vida toda.

Viverei em breve com toda a parte boa do dia, mas ainda há mágoa e indignação por aqui.

Chicca Trends