The Chosen: Uma série inovadora que reinterpreta a história de Jesus Cristo

Esse post poderia ser apenas uma dica de série, The Chosen – os Escolhidos da Netflix, mas resolvi classificá-la como #DiáriodeCasamento porque desde que começamos os preparativos (imensos) para podermos nos casar no civil e no religioso, algumas coisas mudaram para nós, como casal. Sempre fui religiosa e venho com isso muito latente na minha família e rotina. Já meu noivo (atualizando: agora marido), tem pais extremamente religiosos, fez todo o protocolo religioso quando criança mas depois de adulto, largou esse viés religioso – aqui eu reforço o religioso, porque fé e crença, sempre manteve.

Agora, estamos fazendo catequese para adultos e em Setembro, iremos fazer o curso de noivos. Essa parte do processo despertou uma curiosidade por esse conhecimento bíblico, de uma forma muito genuína, sem ser imposto (como geralmente, acontece quando crianças) e temos buscado mais e mais recursos para mergulharmos na história de Cristo. Por isso, sem impor nada nenhum tipo e religião, apenas registro aqui uma dica bacana para quem gosta desse assunto: The Chosen – Os Escolhidos.

‘The Chosen’: Uma Abordagem Pessoal e Cativante sobre a Vida de Jesus

A série “The Chosen” se destaca como uma produção independente (o orçamento para a sua produção vem de doações ainda hoje, produzindo a 5a temporada), que oferece uma abordagem pessoal e cativante sobre a vida de Jesus Cristo e seus seguidores. Criada por Dallas Jenkins, a série tem conquistado fãs ao redor do mundo e se tornou um fenômeno – batendo mais de 400 milhões de espectadores ao redor do mundo, e está inserida no catálogo da Netflix.

Diferente de outras representações tradicionais da história de Jesus, “The Chosen” busca mergulhar nos relacionamentos e nos aspectos mais íntimos dos personagens. Ao longo de seus episódios, a série nos apresenta não apenas a figura central de Jesus, mas também seus discípulos, como Pedro, João e Maria Madalena. É por meio desses personagens que a narrativa se desenrola, explorando suas vidas, dúvidas, motivações e a transformação que ocorre em cada um ao se encontrarem com Jesus.

Um dos pontos mais fortes da série é o cuidado com o desenvolvimento desses personagens, tornando-os mais acessíveis e genuínos aos olhos dos espectadores. Ao aprofundar suas histórias e mostrar suas vulnerabilidades, a série estabelece uma conexão emocional, permitindo que os telespectadores se identifiquem com suas jornadas espirituais e pessoais.

Além disso, a produção merece destaque. Embora seja uma série independente, a qualidade cinematográfica é notável, apresentando uma direção cuidadosa e uma cinematografia visualmente atraente. A trilha sonora também é bem executada, proporcionando uma atmosfera envolvente que complementa a narrativa.

Foto: Divulgação

É importante ressaltar que “The Chosen” não pretende ser uma representação estritamente precisa ou ortodoxa da história de Jesus. A série é uma interpretação artística, que toma algumas liberdades criativas para trazer uma abordagem mais contemporânea e envolvente aos eventos bíblicos. Essa abordagem tem atraído muitos espectadores que desejam uma nova perspectiva e uma compreensão mais profunda dos personagens e das mensagens transmitidas. E confesso, dos episódios que já assistimos, tenho achado uma abordagem inteligente, e que prende. Eu nunca consegui assistir a nenhuma produção sobre a história de Cristo, e estou conseguindo acompanhar bem.

Crowdfunding e Streaming Gratuito

Com um financiamento recorde de crowdfunding e distribuição gratuita em diversas plataformas, “The Chosen” se tornou um fenômeno global, atraindo milhões de espectadores de diferentes origens e crenças. A série já conta com quatro temporadas (essa está nos cinemas, março 2024, inclusive) disponíveis e a produção da quinta temporada está em andamento.

A campanha de financiamento coletivo da série foi um grande sucesso, arrecadando mais de US$ 10 milhões em apenas algumas semanas.

A série é filmada em locações reais no Texas e em Utah. A produção se preocupa em manter a fidelidade histórica dos eventos narrados, contando com a assessoria de especialistas em teologia e história antiga.

Elenco e personagens

O elenco de “The Chosen” é composto por atores talentosos de diversas origens. Jonathan Roumie interpreta Jesus Cristo com carisma e humanidade, enquanto os discípulos são interpretados por atores como Elizabeth Tabish (Maria Madalena), Noah James (Pedro), Shahar Isaac (Simão Zelote) e Paras Patel (Mateus).

A relevância para diferentes públicos

“The Chosen” tem conseguido conectar-se com diversas gerações e vertentes religiosas por sua abordagem autêntica e acessível da história de Jesus. A série apresenta temas universais como amor, fé, esperança e redenção, que ressoam com pessoas de diferentes crenças e culturas.

O uso de recursos narrativos ficcionais também contribui para a popularidade da série, tornando a história de Jesus mais relatable para o público contemporâneo. A série evita dogmas e pregações, focando na mensagem de amor e compaixão de Jesus.

Um novo olhar sobre a história de Jesus

A série vem com uma abordagem inovadora que oferece uma nova perspectiva sobre a vida de Jesus Cristo. Através de uma narrativa envolvente e personagens multidimensionais, a série convida o público a refletir sobre a mensagem de Jesus e sua relevância para o mundo de hoje.

É por isso que tem impactado a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. Além de inspirar fé, esperança e transformado a vida de muitos espectadores – como é o nosso caso, inclusive. “The Chosen” é um marco na produção de conteúdo religioso, demonstrando o potencial da ficção para apresentar histórias inspiradoras e conectar-se com o público de forma autêntica e profunda.

Se você ficou curioso, busque na Netflix “The Chosen – Os Escolhidos” e comece a assistir para ver se é tudo isso que te contei aqui.

Para os casais que irão casar, também recomendo assistir juntos, reforcem a sua união nesta base.

Post atualizado em 27 de março de 2024

Chicca Trends